Iraque: Dez anos após a invasão dos E.U.A no país.

invasão do iraque

No dia 20 de março de 2003, os Estados Unidos deu inicio a ocupação do território iraquiano, com o bombardeio aéreo sobre Bagdá, capital do país.  No dia 9 de abril Bagdá caiu e dia 1 de maio o governo norte-americano declarou o fim das operações militares,  depondo do poder o presidente do Iraque Saddam Hussein.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush foi quem tomou a decisão de invadir o Iraque, sem a permissão do Conselho de Segurança da ONU, mas com a aliança de diversos chefes de Estados, por exemplo, do Reino Unido e da Itália.

As tropas derrubam então a estátua de Saddam Hussein, na praça Farduss.

As tropas derrubam então a estátua de Saddam Hussein, na praça Farduss.

A ocupação do Iraque está intimamente ligada com aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, pois as justificativas para a invasão foram: apoio do governo a grupos terroristas (improvável e nunca foi confirmado), posse de armas de destruição de massas (que nunca foram encontradas) e promoção da democracia e da paz mundial.

“Meus companheiros cidadãos, os perigos sobre nosso país e o mundo serão superados. Nós transpassaremos esse momento de risco e continuaremos com o trabalho pela paz. Nós defenderemos nossa liberdade. Nós traremos liberdade para os outros. E nós venceremos.” – Trecho do discurso de Bush sobre o inicio da Guerra no Iraque.

 Protesto  contra a visita da secretária de Estado dos EUA ao Iraque.

Protesto contra a visita da secretária de Estado dos EUA ao Iraque.

Depois de sete anos de guerra, cerca de 190 mil mortos, sendo 134 mil civis iraquianos, e uma guerra civil ente sunitas e xiitas, o Iraque vive um momento de transição política, na qual mais de metade da população depende de ajudas assistênciais do governo para sobreviver.

Atualmente, mais da metade dos americanos e os próprios soldados que lutaram durante a guerra, afirmam ter sido um erro invadir o Iraque,  o que custou R$ 3,3 trilhões (1,7 trilhão de dólares) aos cofres norte-americanos.

“Disseram-nos que lutaríamos contra terroristas. Mas o verdadeiro terrorista era eu e o verdadeiro terrorismo é essa ocupação.” Trecho do discurso de um veterano da ocupação do Iraque.

Histórico da Invasão do Iraque:

2003- Invasão do Iraque, captura de Saddam Hussein e nomeação de um Conselho de Governo  pelos Estados Unidos.

2004- Começa o julgamento de Saddam Hussein e governo norte-americano transfere a soberania do Iraque a um governo interino.

2005- Aumento da violência no país, realização das primeiras eleições gerais, além de entrar em vigor uma nova Constituição.

2006- Parlamento aprova um novo governo, líder da Al-Qaeda é morto e Saddam Hussein é executado.

2007- Os Estados Unidos mandam reforço militar ao Iraque, em razão do aumento da violência.

2008- O parlamento iraquiano aprova um tratado em que as tropas americanas devem sair do país até 2011.

2009- O Iraque assume a responsabilidade pela Zona Verde e o novo (e atual) presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anuncia a retirada gradual das tropas norte-americanas no Iraque.

2010- Última brigada norte-americana deixa o Iraque e o governo se divide entre facções.

2011- A violência continua crescendo no país e os Estados Unidos retiram suas tropas.

2012- Conferência da Liga Árabe em Bagdá e Fim da Guerra.

Anúncios

Sobre Vicky Régia

Sou uma jovem que se importa com que acontece no mundo e que acredita que através da informação realmente podemos fazer a diferença.
Esse post foi publicado em Geral e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s